ENTRANDO PELA CASA DO PASSADO

Postado por admin em 9 de junho de 2017

O Museu Regional Casa dos Ottoni, que possui um dos mais importantes acervos da história cultural do Serro fechou parceria com o Projeto Circuito Cultural do Diamante para registro fotográfico e divulgação de parte desse acervo através do Guia Cultural do Serro, que faz parte do projeto. O museu foi criado na década de 1940 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN e reúne peças que faziam parte da vida cotidiana da sociedade serrana dos séculos XVIII e XIX.

O próprio casarão que sedia o museu é um monumento histórico e arquitetônico tombado pelo IPHAN. Situado no primeiro núcleo de povoamento do Serro do Frio, no bairro Praia, e construído em fins do século XVIII, o prédio pertenceu à tradicional família Ottoni, tendo sido berço dos mais ilustres filhos da cidade, Teófilo e Cristiano Ottoni. Depois de totalmente reformado, o espaço cultural é gerido pelo Instituto Brasileiro de Museus-Ibram e integra o Sistema Brasileiro de Museus-SBM.

Entre as principais exposições permanentes estão imagens sacras e peças da antiga Igreja da Purificação, que foi destruída, e coleções diversas de objetos do período colonial mineiro. Outro destaque do museu é o jardim, com trilha em área verde, espaço de convivência e réplica de escultura do Mestre Valentim, outro dos filhos ilustres da cidade que se destacou na antiga capital Rio de Janeiro.

Em contrapartida na parceria o Circuito Cultural do Diamante divulgará o museu e disponibilizará parte do registro fotográfico e uma tiragem de 500 exemplares do Guia Cultural do Serro para a instituição. O Museu Regional Casa dos Ottoni é um local essencial para visitação e fruição da cultura do Serro, uma das mais preservadas cidades do período colonial de Minas Gerais.

POSTAGENS RELACIONADAS

Circuito Cultural do Diamante © Todos os direitos reservados.