UMA LISTA DE FESTAS PARA TODO O ANO

Postado por Circuito Cultural em 20 de outubro de 2017

Uma das características que fazem do Serro e de toda a região em torno um excelente destino para os amantes do turismo cultural é a relativa simplificação das motivações por trás dos eventos sociais. Ainda hoje, para a maior parte das pessoas, as preocupações cotidianas limitam-se a aspectos concretos e universais da vida humana, sem a complexidade de interesses e acontecimentos que marcam a existência nos grandes núcleos urbanos.

Participar de eventos no Serro é uma experiência salutar e única para a maioria dos turistas. Para começar, os principais eventos, de um modo geral, podem ser divididos em três grandes motivações que se misturam: religiosa, gastronômica e entretenimento.

Uma diferença cultural marcante é a predominância das celebrações religiosas, que se estendem por todo o ano, conforme as efemérides das vidas dos santos católicos. Santos Reis e São Sebastião em 6 e 20 de janeiro; a semana santa entre março e abril; Festa do Divino e Exaltação da Santa Cruz em maio, mês dedicado a Nossa senhora; festas juninas; Jubileu de Nossa Senhora das Dores no Distrito de Mato Grosso e celebrações de Nossa Senhora do Rosário entre julho e agosto. No Distrito de Milho Verde a tradicional festa do Rosário acontece em outubro. Dezembro, dia 8, celebra-se a padroeira Nossa Senhora da Conceição do Serro.

Todas essas celebrações, ainda hoje, são eventos de grande mobilização social, que modificam o cotidiano da cidade e acumulam, além das procissões, missas rezas e novenas, muitas manifestações folclóricas. Entre as principais estão as apresentações dos grupos de pastorinhas, folias de reis, cavalgadas e, principalmente o congado.

Continue lendo para descobrir as delícias gastronômicas do Serro.

________________________________________________________________________________________________

AQUI você pode saber mais sobre a Festa de Nossa Senhora do Rosário do Serro.

SAGRADO E PROFANO

Os próprios eventos religiosos têm também espaço para o divertimento. Normalmente após as celebrações sagradas ocorre uma contraparte “profana” das festas, com danças e comidas típicas. Mas a gastronomia na região é um evento à parte. Ou melhor, eventos à parte. Um dos mais destacados é a Festa do Queijo, que ocorre na cidade há 31 anos, sempre no feriado de 7 de setembro, com degustação do principal produto gastronômico da região acompanhado de doces, quitutes e a famosa cachaça serrana. Durante todo o ano a Prefeitura faz pequenas mostras da Festa do Queijo que são, sempre, um espetáculo de sabores.

A Festa do Cavalo acontece no Parque de Exposição do município, com mostra de animais e comidas e bebidas típicas, embaladas por shows e apresentações artísticas variadas. Para “encher a barriga” nesses eventos, além dos queijos, há outros pratos tradicionais da cidade como o feijão ferrado e o tropeiro e o mamão com costelinha, entre outros. Em geral, pode se provar essas iguarias em qualquer época, bastando visitar a feira livre na Praça João Pinheiro, que tem ainda produtos de artesanato e muitas outras lembranças que só se encontra na região.

Expressões artísticas tradicionais do Serro são muitas, mas uma em especial vem merecendo destaque, uma serenata que, por incluir algumas peças de bolero, ganhou o nome de bolerata. Trata-se de uma apresentação musical em que a Banda Santíssimo Sacramento, posicionada das sacadas do casario colonial da Praça João Pinheiro, executa temas clássicos e populares, enquanto a plateia abaixo absorve a música e experimenta comidas e bebidas que complementam e tornam a experiência única.

POSTAGENS RELACIONADAS

Circuito Cultural do Diamante © Todos os direitos reservados.